Menu Fixo

Menu-cat

15 agosto, 2013

Opinando ...



   Somos tão jovens  é um filme brasileiro , que narra um pouco sobre a vida de Renato Russo  que depois de se mudar  para Brasília , começou a sofrer de uma doença óssea rara, a epifisiólise, que o confinou à cadeira de rodas após uma cirurgia. Obrigado a ficar em casa e sendo tratado com morfina.Como sua paixão sempre foi o rock  começou então a traçar seus planos de se tornar o maior roqueiro do Brasil, primeiramente  fundando a banda punk Aborto Elétrico, depois  de vários desentendimentos rompeu com o grupo para se tornar o "Trovador Solitário" e como o sonho de ter uma banda ainda estava vivo dentro dele , mais tarde, criou a banda Legião Urbana.

    
Todo o filme é baseado na biografia do cantor e compositor , que traz também  a realidade alguns jovens nos anos 80 . O que o torna instrospectivo é  a maneira como retrata aquele momento da história do país. Arraigados na Ditadura Militar, os jovens da Brasília daquela época encontraram o instante propício para se rebelarem através da arte, questionando os valores da sociedade com a forma de expressão que conheciam: a música.


 Renato Russo teve grande influência na história do rock brasileiro , ele foi um dos percursores para o inicio desse gênero musical que antes  não era tão conhecido . Suas canções fizeram  e continuam fazendo sucesso nas rádios . Acredito que  as letras simples e diretas aproximavam e aproximam  as pessoas de suas músicas, foi um cara que veio para deixar sua marca no Brasil . Em minha sutil opinião Renato é merecedor de ter  um filme contando um pouco de sua história  .


E por fim deixo uma frase dita por ele no filme  :                        

"Se o mundo é mesmo parecido com o que vejo, prefiro acreditar no mundo do meu jeito."    Renato Russo


Até mais !


Lorraine Dobrovosk

Nenhum comentário:

Postar um comentário