Menu Fixo

Menu-cat

21 outubro, 2013

COLUNA 6

6 ESCRITORES QUE VOCÊ PRECISA CONHECER


RUBEM BRAGA


  Nunca ouviu falar sobre Rubem Braga? Não é possível? Já leu uma crônica? Se leu, com certeza ouviu falar do “jardineiro de Ipanema”, o Rubem Braga.  Ele foi um dos percussores do gênero crônica e um dos mais famosos. Crônica, aquela “espécie” de texto tão gostoso de ler, tão breve, tão reflexiva.  Tá, daí que ele nunca escreveu um romance? Mesmo assim é considerado um dos melhores escritores do país. Além de ser cachoeirense!   Para nós cachoeirenses ele é referência, com suas crônicas e seu marco na literatura brasileira e capixaba. A bienal de nossa cidade possui seu nome, “Bienal Rubem Braga”, a casa onde ele morou é frequentemente visitada por turistas que visitam Cachoeiro.

  Mas não é por isso que considero Braga um dos melhores escritores do país. Ele é autentico atemporal e tem à simplicidade como sua melhor amiga. Sempre gostou de abordar em suas crônicas temas com predileção á natureza, além de escrever sobre as mulheres e a infância. 
  Braga adicionou a suas crônicas uma leveza de poesia e o lirismo, bem diferente daquelas crônicas “secas” dos jornais diários. “O pé de milho”, “O conde e o passarinho”  e “A borboleta amarela”, são umas das obras mais famosas do autor.Tinha como amigo ninguém mais que o “poetinha”, Vinicius de Moraes que o apelidou de “fazendeiro do ar” e Clarice Lispector disse uma vez “Há mil Rubens dentro de Rubem Braga”. Esse ano comemoramos o centenário de Rubem Braga que para nós é referência de literatura.


Ronald Onhas Grolla
 










Um comentário: