Menu Fixo

Menu-cat

02 janeiro, 2014

O preço de ser diferente


TÍTULO : O preço de ser diferente

Autora : Mônica de Castro

Editora : Vida e Consciência

354 páginas

Personagens : Romero, Judite, Silas, Mozart, Plínio, Rafael, Júnior, Noêmia, Alex ... 

 

   




O livro tem uma história magnífica, Romero tem 14 anos e não sabe lidar com sua opção sexual – homossexual -  e não sabe como lidar com essas reações e desejos, na verdade nem ele sabe que é gay. Vive com um pai super preconceituoso, Silas, e uma mãe super passiva ao pai a Dona Noêmia, em que ele confia de verdade é sua irmã Judite. Romero passa por diversas situações complicas por meio da trajetória do livro, que se inicia quando ele é estuprado por Júnior, daí descobre seus sentimentos e a história começar a andar.
  A história tem duas faces: a primeira com Romero com 14 anos, expulso de casa porque o pai descobre um namoro com seu amigo Mozart, e depois que sua irmã Judite é esfaqueada e morta. A segunda, Romero tem que lidar com a inveja de Rafael, que é cunhado de Plínio, um médico bem sucedido que acolheu Romero quando ele mais precisava,dando- o estudos e moradia. A história novamente se eclode quando Eric, filho de 11 anos do médico, e grande amigo de Romero, é estuprado dentro de sua casa, daí voltando a mesma vertente do inicio do livro. Daí começando um julgamento intenso que perpetua até o final da história.
São raras os livros com temáticas homossexuais, ainda mais tendo um gay como protagonista de toda a narrativa, mas vale lembrar que isso não é a importância do livro em geral, e sim mostrar e explicar algumas teorias espíritas sobre a tendência homossexual. Sim, o livro é espírita. Mas, na verdade você nem percebe, pois os nuances são bem feitos, tão bem propostos acredito que tem a universalidade ali na obra. Só se da conta, quando em um certo momento da narrativa aparece o plano espiritual, esclarecendo a maior parte da história.
Eu que não conhecia de tais teorias, fiquei feliz em aprender mais sobre o porquê do homossexual ter essa trajetória, muitas vezes são pendências de vidas passadas ( UM LEIGO NO ASSUNTO FALANDO). Analisando em um perfil literário, a obra foi bem construída, uma pena que os “vilões” não tiveram suas punições “merecidas”, acho que isso que deixou um VAZIO no final. Mas, afinal era um livro com temática espírita, e teve sua proposta alcançada. Adorei a história de Romero.


Nenhum comentário:

Postar um comentário