Menu Fixo

Menu-cat

07 julho, 2014

Copa Literária - Falando sobre literatura BRASILEIRA


                                              
Falando sobre literatura BRASILEIRA...



             A literatura brasileira possui grandes escritores, com uma vastidão de livros publicados que possuem uma riqueza insondável, mas mesmo assim muitos professores de Língua Portuguesa no Brasil se questionam porque a Literatura estrangeira é mais forte no Brasil, do que a própria Literatura Brasileira? Umas das possíveis respostas para essa pergunta seria que, talvez, o próprio povo brasileiro não valorize a sua literatura, a sua cultura e seus grandes escritores que o Brasil já teve, e os que surgem a cada dia.
Quando se fala em escritores brasileiros logo nos remete ao pensamento grandes nomes como Machado de Assis, Guimarães Rosa, Carlos Drummond de Andrade, Fernando Pessoa, Clarice Lispector, Jorge Amado e entre outros que se fossem citados dariam um lista enorme. A literatura nos permite viajar sem sair do lugar, e sendo brasileiro (a) penso que é primordial conhecer e se aprofundar na riqueza literária vasta que nosso país possui.
 Os clássicos da literatura brasileira possuem uma linguagem culta padrão, que exige atenção do leitor, o que talvez afaste um pouco os leitores da atualidade, que muitas das vezes preferem uma linguagem mais simples e entendível (como best-sellers estrangeiros). Não estou desmerecendo a literatura estrangeira (até porque a leio), quero frisar e ressaltar a importância de nós BRASILEIROS conhecermos e priorizarmos um pouco mais a nossa literatura. 
Enfim, que nós leitores críticos possamos nos tornar conhecedores e apreciadores de nossos livros e autores nacionais, pois de nada adianta “dominar” literaturas internacionais e não saber sequer quais livros compõe a literatura do próprio país. Que sejamos mais patriotas, porque afinal somos BRASILEIROS.
Deixo abaixo uma pequena lista de livros/obras importantes de nossa literatura nacional: 
Grande sertão: veredas - Guimarães Rosa
             Dom Casmurro - Machado de Assis
             Memórias póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis
O cortiço- Aluísio Azevedo
Os sertões- Euclides da Cunha
Macunaíma - Mário de Andrade
A paixão segundo G.H.- Clarice Lispector
São Bernardo- Graciliano Ramos
Vidas secas- Graciliano Ramos
Sagarana- Guimarães Rosa
Quincas Borba- Machado de Assis
A hora da estrela- Clarice Lispector
Laços de família- Clarice Lispector
O tempo e o vento- Érico Veríssimo
Gabriela, cravo e canela- Jorge Amado
Triste fim de Policarpo Quaresma-  Lima Barreto
O ateneu- Raul Pompéia
Sermões-  Antônio Vieira
Ópera dos mortos- Autran Dourado
Noite na taverna- Álvares de Azevedo
A escrava Isaura- Bernardo Guimarães
A rosa do povo- Carlos Drummond de Andrade
Iracema- José de Alencar
O guarani- José de Alencar
Terras do sem fim- Jorge Amado
  


Até mais, 

Lorraine Dobrovosk
 



Nenhum comentário:

Postar um comentário