Menu Fixo

Menu-cat

14 setembro, 2014

Entrevista com Claudia Sabadini


Claudia Sabadini            

  Jornalista e Escritora










1.   Quais são suas referências culturais aqui no Espírito Santo/ Cachoeiro? (Música, arte, literatura)

É complicado citar referências quando se trata de uma cultura tão diversificada como a capixaba, com nomes importantes que vão do Congo ao Jazz, por exemplo. Gosto muito de música clássica e recomendo a Orquestra Sinfônica do ES, bem como a obra de Raul e Sérgio Sampaio, Afonso Abreu Trio, Amaro Lima, Rastaclone e Casaca. Na literatura a lista é grande, mas os escritores que me influenciam desde criança são Rubem e Newton Braga, sem dúvida. Também acompanho o fortalecimento do carnaval capixaba que a cada ano supera as expectativas, e de outras manifestações culturais como o Jongo, Folia de Reis, Boi Pintadinho, Congo, Capoeira, dentre outros que gosto muito.

2.   O que faz você ler um blog/ post / na rede?

Os blogs sobre literatura são os que mais me interessam e o que me faz visitar, comentar e visitar novamente é a reflexão sobre um tema de forma clara, objetiva, sem rebuscamentos. Sou atraída pela simplicidade.

3.   Qual foi a sensação de ser homenageada com a “Comenda Rubem Braga”? E o que essa homenagem significa para um escritor capixaba?

A comenda foi proposta pelo deputado estadual Glauber Coelho, quando eu estava na sua assessoria de imprensa e, portanto, na organização do evento. Desta forma, não pude aceitar a honraria, ainda que Glauber tenha insistido muito. Mas, ainda assim, recebi durante a solenidade uma homenagem surpresa – uma placa em reconhecimento ao meu trabalho como escritora – que certamente vou guardar com muito carinho por tudo o que ela representa na minha vida literária e também na amizade que tive com Glauber.

4.   Você acha que o as obras de ficção e a fantasia tem espaço na literatura capixaba?

Sim, claro, principalmente para o público infanto-juvenil. É importante, porém, pensarmos além do mercado capixaba visando outros estados e países.

5.   Como é sua rotina como escritora?

Tento conciliar com minhas atividades atuais como jornalista. Não é uma tarefa muito fácil, o que ajuda é minha observação um tanto obcecada pelo cotidiano de onde sai boa parte das histórias que escrevo.

6.    Você escreve para muitas revistas? Você escreve somente crônicas?

No momento sou colunista das Revistas Lugar de Notícias e Cachoeiro Cult e escrevo eventualmente para outros impressos. Também tenho um blog no Recanto das Letras e um livro de contos infantis quase pronto. Não tenho um estilo literário estabelecido e, sim, fases de escrever mais contos, depois crônicas e poesias. Gostaria de escrever um romance. Ele já está todo pronto (na minha cabeça), só falta escrevê-lo.

     RAPIDINHAS

Livro favorito: 200 Crônicas Escolhidas – Rubem Braga
Autor favorito: Clarice Lispector
Gênero musical favorito: Rock





Filme favorito: Uma mente brilhante


                         

Show do Zeca Baleiro, Maio de 2014, Cachoeiro de Itapemirim
               Com os amigos e com a escritora Cláudia Sabadini 

                                      EQUIPE “ELEA”

Nenhum comentário:

Postar um comentário