Menu Fixo

Menu-cat

17 outubro, 2014

Os Sete Pecados : Luxúria


 Geralmente as pessoas associam a luxúria apenas com o luxo, riqueza, ostentação e ao poder. Mas na verdade o pecado da luxúria está associado a sensualidade, prazer, sexo e outras drogas carnais. 
  É, isso mesmo. Luxúria tem haver com SEXO!

                              Eu luxúrio.
                       Ele luxúria. 
                                   Nós luxúriamos.

 Claro que não é assim que se conjuga. Mas é óbvio que todos, eu disse todos, já ousaram em cometer esse pecado. Todos temos desejos insanos, sonhos eróticos, fetiches e fantasias que já pensamos realizar. Não vale dizer que não, porque tem SIM! Confesse. O mundo está cada vez mais “luxuoso” se afastando do sagrado e aproximando do profano.


 Na internet, tv, e outros meios de comunicação, percebemos o aumento do sensacionalismo fútil e barato em cima de programas com conteúdo sexuais. Nem a literatura escapou, temos a chamada “ Literatura Erótica” narrando situações diversas relacionadas a qualquer tipo de prática sexual. Essas narrativas são recheadas de universalidades nas quais o leitor se vê e o leitor pratica.

 Filmes com “Ninfomaníaca” e “50 tons de cinza” ( que estreia ainda esse ano) são filmes que exploraram bem esse pecado capital, arrepiando e causando sensações no público diretamente da telona. Exalamos sexo. Aliás, o que seria de nós se sexo? Pessoas amarguradas e mal resolvidas. Com toda certeza o sexo faz bem a saúde.  



“ Não bastasse conviver com um papagaio no meu cérebro 24 horas por dia me dizendo que preciso trabalhar mais, ganhar mais dinheiro, ler mais, me exercitar mais, viajar mais, estudar mais... Ainda tem uma periquita gritando mais alto para ver se abafa todo o resto "Vai dar minha filha! Vai dar que é só disso que você precisa"    Tati Bernardi

Nenhum comentário:

Postar um comentário