Menu Fixo

Menu-cat

28 fevereiro, 2015

Agridoce- Ailson César Lovato



Boa noite pessoal do Entrelinhas & Afins!

Hoje vocês podem conferir uma entrevista bem interessante com o escritor de AGRIDOCE, o livro de contos e crônicas do, também estudante de Língua Portuguesa, Ailson Cesar Lovato, falando sobre a repercussão de seu livro e algumas coisas que o levam a escrever.
        O Ailson já teve alguns textos publicados aqui no blog, o conto de natal: Eu, introspectivo; e uma entrevista sobre alguns pormenores sobre o processo de elaboração e publicação sobre seu livro. Para acessar os textos é só clicar no nome em negrito! Ah, e não deixe de dar aquele like no vídeo!

***Para entrar em contato com o escritor, clique aqui e vá a sua página no Facebook! 

Apreciem! Nathália Dias.


22 fevereiro, 2015

Cheirinho de livro velho!



Antes mesmo de começar a cursar a faculdade de Letras, eu sempre conversei com meu tio sobre alguns títulos de livro ele, apesar de ser engenheiro, sempre foi um amante da literatura em geral. Então sempre trocamos figurinhas sobre alguns livros que lemos, ele me indica alguns tece alguns comentários e etc.
Conversa vai, conversa vem ele me disse que traria alguns de seus para mim. E neste final de semana, ele trouxe alguns títulos, e eu queria dividir com vocês aqui do blog!
 Os livros são: A segunda Vitória- Morris West, Sybil- Flora Rheta Schreiber, Tereza Batista Cansada de Guerra- Jorge Amado, A Faca de dois Gumes- Fernando Sabino, Sem Olhos em Gaza- Aldous Huxley, Incidente em Antares- Erico Veríssimo e Ciranda de Pedra- Lygia Fagundes Telles.


Eu ainda não tinha lido nenhum desses citados acima, e nem conhecia alguns autores, mas ele me disse que são todos ótimos. Da Lygia Fagundes Telles eu já li Seminário dos Ratos que já até fiz um post aqui no blog sobre a autora. Do Fernando Sabino eu já li O Grande Mentecapto, é ótimo qualquer dia desses vai ter resenha dele aqui também! De Jorge Amado eu já conheço O País do Carnaval e Capitães da Areia.

Assim que eu terminar de lê-los eu deixo a resenha aqui no blog! Então é isso pessoal, uma passadinha rápida pra mostrar meus livros “novos”.
Ah eu já disse que simplesmente amo cheiro de livro velho? Pois é, uma mania que eu tenho, e aproveitando que toquei nesse assunto, ai vai mais uma dica: Experiente comprar livros em sebos, que são locais que vendem livros usados e com preços mais acessíveis. Boa parte da minha biblioteca é composta de livros mais antigos comprados em sebos, e se você não tem sebos por perto compre pela internet (como eu faço) é bom para o seu bolso e para o planeta!

Até mais, Nathalia Dias