Menu Fixo

Menu-cat

18 abril, 2015

GENTE COMO A GENTE - com: Ailson Lovato

·       Morador de Castelo, escritor do livro de crônicas e contos“Agridoce”, além de muito criativo e bem humorado. Ailson, com sobrenome de “divo” nos revela seus segredos literários.
  
     Por que Letras?
Eu não pretendia fazer Letras, confesso. No final do ensino médio eu queria gastronomia ou fotografia, mas ambos os cursos são oferecidos fora “aqui da região” e são BEM caros. Então eu teria que morar fora, pagar aluguel, arranjar um emprego e tal. Tive que escolher uma segunda opção. Aí entrou Letras, pois eu já começava a escrever pequenos versos lá no 3º ano. Fiz o vestibular, passei para Português como 1ª opção e ganhei a bolsa. E o vento levou.

·        Ler, escrever ou declamar?
É meio que óbvia essa resposta: escrever. Eu leio pouco, é verdade. Leio “poucos” livros em si. Mas sempre leio alguma revista, sites, blogs ou jornal, quando dá. Acho o máximo quem declama. Eu até gostaria. Mas meu medo é arrumar uma entonação para o tom certo, entende como? Tentar ler o texto em um ritmo.

·        O que te inspira?
O inesperado. A inspiração, acredito eu, não está em alguma coisa, em um objeto, mas na forma que você olha para isso e desperta em sua mente aquela ideia criativa que estava adormecida, à espera desse “acordar”. Não posso ficar horas sentado, observando uma flor, pra TENTAR ter uma ideia. Não funciona assim. O que me inspira vem ao acaso, sem que eu perceba, involuntariamente. E geralmente são palavras-chave, algo que foi dito e que rapidamente eu tento criar algo em cima daquilo.

·        Poema, Crônica ou Best Seller? Por quê?
Crônicas. É meu gênero preferido e que tenho maior “facilidade” pra entender e também escrever. São textos casuais que nos levam à percepção de uma situação ou algo ocorrido. A crônica talvez seja uma rotina poetizada. A visão de alguém que ainda não foi percebida.

·        Um ou uma personagem marcante:
Como eu disse lá na dinâmica da sala, um dos personagens que mais gosto (em desenhos animados) é o Scooby-Doo, simplesmente pela inteligência que os mistérios da turminha são resolvidos. Nos livros um personagem que gosto é Logan Thibault do livro “Um homem de sorte”. É um fuzileiro que no meio da guerra encontra a foto de uma mulher em meio aos escombros e passa então a procurá-la. Aí ele a encontra, descobre a origem da foto e começa a se relacionar com ela. O livro no geral é MUITO bom, a história te prende. E o personagem é bem decisivo em suas atitudes, ele não desiste dos objetivos. Eu ganhei o livro em um sorteio do Facebook, desses de compartilhar fotos. Por isso o escolhi, dentre as opções disponíveis.



·        Música preferida:
Xii... vai depender muito. Assim como minha amiga Claudiele, também tenho escutado Legião ultimamente. E também Nando Reis. “Relicário” é uma das que mais gosto. E do Legião, “Índios”. Eu escuto pouca música brasileira, gosto mais de internacionais. Mas não tenho uma preferida, pra dizer “essa é a minha música”.

    Livro preferido:
Um homem de sorte - Nicholas Sparks. Mas vou citar outros de que gosto muito: Vidas Secas e O caso dos dez negrinhos (Agatha Christie).


    Para você: Literatura é o grão de areia que forma uma pérola.      

                                                   

Nenhum comentário:

Postar um comentário