Menu Fixo

Menu-cat

19 agosto, 2015

Um dia vou rir desse post vagabundo

De fato “Eu não vim pra me explicar, eu vim pra confundir”, assim como diz a letra do eterno Chorão, enfim esse post também – é um desabafo misturado com sentimentos, rancores, desapontamentos e um tom fúnebre ao fundo para descarregar meus dedos afiados em um post filho da puta. Sim, esse post será o post, para falar sobre qualquer coisa que vier em minha cabeça. Tenho LICENÇA POÉTICA para isso, se não tenho. Invento agora. Pronto! Tenho licença blogueira para escrever o que eu quiser, da maneira que eu quiser e foda-se. Afinal são dois anos de blog – alguma moral nós temos que ter.
O “Entrelinhas & Afins” é um espécie de filho para mim, filho este repartido com outras quatro mães, ops ... A conta tá menor agora. Continuando, o ELEA é o meu mundinho predileto (ganha até de Nárnia), o local é meu paraíso. Faço o que quero, escrevo o que eu quero, e que eu gosto,  compartilho o que eu gosto, e é claro o que os meus “eleanáticos” gostam.
 Esse mundo é uma espécie de catarse – onde consigo catalisar todas as conturbações e problemáticas nesta vida real e transformá-las em “matérias comestíveis”. Tenho mania de falar que o Entrelinhas e Afins é um hobby que levamos a sério – porém é mais que isso é parte de minha vida. O Entrelinhas e Afins nunca me abandonou até mesmo quando eu perdi tudo – eu ainda o tinha comigo. O ELEA me fez crescer como blogueiro e também como pessoa, por meio do blog pude conhecer muita gente extremamente bondosa e incentivadora de leitura, ganhei materiais que me fizeram crescer como estudante da língua e de literatura, e consequentemente ergui projetos que até então eram inalcançáveis. Esse mundo querendo ou não – foi/ é uma porta de conhecimento e oportunidades para os cinco reis/ rainhas deste lugar – todos cresceram de alguma forma, e é claro a união fez a força, contudo chegamos até onde chegamos.
Isto é uma despedida? Não .. claro que não. PELO MENOS PARA MIM NÃO. Espero deliciar-me durante muitos anos com vocês. Posso chamar de transição ... infelizmente não desejada, mas fazer o que? É preciso seguir a diante, os sonhos não podem morrer e as postagens precisam continuar. Não sei como vamos no reestruturar porque é claro que ficamos abalados com as perdas ( não vou mentir) mas O SOL É O LIMITE e a vida é tão bonita e nos convida a viver.   

Um dia ainda vou rir desse post vagabundo, vou tirar o maior sarro, mas não hoje.  Falam tanto de “deixar sentir o luto”, então vamos sentir! Sentir e botar tudo pra fora ... VAMOS VOMITAR porque minha consciência está limpa e se “mato e morro” é por amor ao blog. A união desfaz a força rs 

2 comentários:

  1. Olá o seu blog foi nomeado para a TAG “De tudo um pouco”.
    Espero que goste do meu blog e aguardo pelo post da TAG :)
    http://eusouumaprincesacrista.blogspot.com.br/2015/08/tag-de-tudo-um-pouco.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, já estou ciente, mas ainda estou procurando os blogs para indicar rs!

      Excluir