Menu Fixo

Menu-cat

26 outubro, 2015

Especial “Máquina do Tempo ELEA”- Desenhos




Vocês acharam que o especial ia acabar? Não! Hoje vocês poderão acompanhar os desenhos que fizerem/fazem parte da minha infância e adolescência!
Eu não tenho um desenho preferido, eu gostava/gosto de todos. Quando menor eu sempre ficava na casa da minha avó materna, junto com meus primos, tios e meus dois irmãos. Sempre que eu chegava a casa na hora do almoço, era uma guerra com o controle da TV. 

Eu queria assistir sempre A Pequena Sereia, Hamtaro, Luluzinha, As Aventuras De Mickey E Donald ou o meu querido Bananas de Pijama, desenhos que faziam parte da infância de qualquer criança, mas eu era “massacrada” pela força dos mais velhos e era obrigada a ver: As Tartarugas Ninja, As Aventuras De Jackie Chan, Caverna Do Dragão, Dragon Ball (Z, GT…), Homem-Aranha, X-Men, todos os desenhos da Marvel e muitos outros.

Inicialmente, eu brigava, arrumava confusão e “batia o pé” por que queria ver meus desenhos, porém depois fui me acostumando à rotina de chegar para almoçar e ver X-Men ou qualquer outro desenho citado acima, a armadilha que meus primos usavam era: “Quem você que ser do X-Men Nati?”, “Olha você pode ser fulana de tal… Porque ela é muito poderosa…” e eu era iludida que um dia seria a Vampira, a Tempestade ou a Jean Gray!
Paralelamente aos desenhos acima, eu era uma viciada nata do canal “Cultura”, lembro de muitas das coisas que aprendi no canal com o Castelo-Rá-Tim-Bum, Rupert, O Pequeno Urso, Catavento, Glub-Glub, Ilha Rá-Tim-Bum, X-Tudo e muitos outros, minhas tardes eram regadas de cultura!


Claro que eu também era fã dos animes Digimon, Pokemon, Beyblade. Eu tinha muitas pokebolas e beybldes que soltavam faíscas, que eram minhas preferidas, eu e meu irmão arranhamos muitas panelas da minha mãe fazendo a nossa arena de duelos.

Também era fã de Três Espiãs Demais, a personagem Clover, era a minha preferida, em todas as brincadeiras eu fingia ser ela! Kim Possible, também estava na minha lista de que gostava.

Minha maior felicidade era que quando eu terminasse o ensino médio, eu poderia assistir a TV Globinho durante a manha toda, e não só aos sábados, como eu fazia, contudo, o programa saiu do ar e eu e a nação brasileira “sofremos” com o fim da nossa infância, #VOLTATVGLOBINHO.
É uma ótima sensação lembrar dessa época, é uma nostalgia muito boa, que marcou a minha infância e de várias pessoas, é uma boa parte da minha vida. E ai, qual desenho marcou você/ sua infância?

Até mais, Nathália (“Chama, liga que eu sou tua amiga/ quando precisar é só dizer,/ eu tô sempre disponível!”).

Um comentário:

  1. Ótimo post. Realmente nós precisamos de blogs de qualidades como o seu, com conteúdos que valham a pena rolar a página para baixo para continuar lendo. Ao ler o seu post me senti em uma maquina do tempo, na qual se pudesse não teria voltado.

    ResponderExcluir