Menu Fixo

Menu-cat

16 junho, 2016

Resenha Crítica: Círculo de Fogo, de Elysanna Louzada





 


Livro: Círculo de Fogo
Autora: Elysanna Louzada
Editora: Ases da Literatura
Ficção Brasileira
310 páginas











Em “Círculo de Fogo”, segundo volume, da saga “Herdeiros do Trono”, Elysanna Louzada nós envolve com uma jornada tipicamente épica, com viagens, conflitos, e batalhas pelos reinos de Petra, em busca de partes do mapa para encontrar a Arca da Aliança, e conseguir combater a rainha perversa, Elba Belmont. 
Dessa vez, além dos escolhidos Pedro e Eloise, seus amigos e defensores, Tommy e Isabel, e o corajoso cavaleiro, Arnon Colli, Angelina Martine (amei a primeira lida), uma das campeãs do Torneio de Bravura se junta ao grupo, nessa perigosa saga. Uma estratégia muito interessante de Louzada foi intercalar os acontecimentos no Pelicano, com as aventuras no navio Cavaleiro Solitário – dessa forma entusiasmou os fatos narrados.
Neste segundo volume, Elysanna costurou com maestria a dupla personalidade, da princesa Eloise, que abriu um leque de diálogos e cenas bem carregadas de sensualidade e verdades,visto que Barbará quebra o padrão maniqueísta, causa embaraços no triângulo amoroso e revela um lado de Eloise, pouco desbravado.Como não amar Bárbara?! A personagem é fenomenal. 


Não poderia deixar de citar os trechos que dividem as narrativas do livro, a escritora utiliza de Clarice Lispector e de Carlos Drummond de Andrade para dá sequência aos conflitos da obra. Ah, a capa também está espetacular e representativa.
Outro ponto forte no livro é a maneira que a autora usa as metáforas, sempre descrevendo as ações, sentimentos e espaços de maneira ímpar. Como nos trechos abaixo:

“Com a baixa da adrenalina, a sensação era de que havia sido pisoteado por centenas de búfalos ensandecidos”.(pág. 282)

“(...) a pergunta de Barbará, que o acertou como um chute nas costas”. (pág. 189).

Vale destacar também, a forma que Elysanna contorna geograficamente o espaço de Petra e seus reinos, faz com o leitor crie, detalhadamente, os cenários que os jovens herdeiros do trono percorrem. Neste volume percebe-se com mais proeminência, a referência bíblica que Elysanna utiliza como pano de fundo de sua história. Aliás, o enfoque maior da obra é abordar a fé e as escolhas que os personagens tomam, como no trecho abaixo:

“A mesma fé descrita nos Livros Sagrados capaz de fazer um homem mover uma montanha e um jovem pastor derrotar um poderoso gigante”. (pág.270)

“De maneira alguma. Ele não abandonou o Primeiro Rei. O Criador o recompensou. Somos frutos dessa recompensa. Nós somos os Cavaleiros da Aliança. Se tiver Fé e acreditar que é capaz de grandes feitos, poderá transpor muralhas”. (pág.116)

Por fim, Elysanna segue calcando seu merecido espaço no ramo fictício, tanto nacional, tanto capixaba, conseguindo apresentar uma história de reis e rainhas, ímpar, inédita e cheia de sinuosidades. A leitura é aconselhável, pois “Círculo de Fogo”, cativa por misturar uma saga aventureira com ensinamentos de fé e sabedoria.


Boa leitura! 


Sobre a autora: ELYSANNA LOUZADA é formada em Língua Portuguesa e Literatura e estreou no mercado literário em 2011. Além da saga “Herdeiros do Trono” publicou também “Uma lição de amor” e o infantil “ Eu sou o galo”. Atualmente mora em Vargem Alta, interior do Espírito Santo, com o marido e os dois filhos.

Abraceijos!

Um comentário:

  1. Olá, pessoal
    Adorei os trechos do livro selecionados para a resenha. Obrigada pelo carinho.
    Grande abraço

    ResponderExcluir