Menu Fixo

Menu-cat

05 maio, 2017

“Do que são feitas as Estrelas?”, de Jana Meilman.


Autora: Jana Meilman
Editora: Amazon- Kindle
Páginas: 255
Ano: 2017
Classificação: 5/5






Olá, pessoal! Estamos com interagindo muito lá no Instagram, e em uma dessas interações, eu achei o perfil do livro da Jana Meilman e logo me interessei em resenhar! Nosso blog é parceiro da autora e ela já nos cedeu o e-book do livro, já que este ainda não foi publicado, mas ao final dessa resenha, eu tenho certeza que vocês iram querer ele em suas mãos!
Uma coisa muito bacana que já no início do livro é que há uma playlist que é a trilha sonora do livro, achei isso muito inovador e interessante, as músicas dão fundo a nossa imaginação no momento da leitura, você pode ouvir pelo Spotify ou pelo YouTube mesmo, a leitura fica com mais completude quando ouvimos a música em conjunto.
As personagens principais são Maria Luísa, ela que narra toda a história, Malu, como é chamada, é brasileira e filha de uma americana que se naturalizou no Brasil, se casou e formou família aqui. Seus pais e ela são responsáveis por um ONG e vivem confortavelmente no BR. Lauren, com toda certeza minha personagem favorita, é uma Irlandesa que vivia como modelo, viajando sempre para vários lugares, conhecendo pessoas e é supercomunicativa. Já Maria Sofia é a personagem mais fofa, ela é mexicana cheia de histórias amorosas e sensibilidade para ajudar as amigas.
[..] o destino nos é entregue pela metade e as escolhas que fazemos completam aquilo que seremos ou viveremos.” p. 7.
Juntas, elas compartilham o mesmo sonho de serem atriz, e para isso, embarcam em várias aventuras na Watson School. Em ‘Do que são feitas as estrelas?’ vemos as meninas se adaptando a morar sozinha com as dificuldades emocionais, financeiras e pessoais de se manter em um lugar com cultura diferente. Podemos observar direitinho o crescimento de cada uma das personagens.

[] Coisas boas acontecem para quem tem coragem [].” p.79.
Claro que não poderia faltar muito romance e adversidade na vida dessas três. Sofia esconde as origens de sua família, o que torna as coisas um pouco tensas e faz com que as meninas descubram de uma maneira brusca de onde ela realmente pertence. A maior parte do livro, você pode observar a vida das garotas nas artes da Watson School.
O romance chega à história mais com Sofia e Malu. E quando o personagem Louis chega, meus amigos, preparem-se, a história toma uma direção bem diferente e a gente já começa imaginar várias situações para os dois. A primeira coisa que achei bacana é que Louis é deficiente físico, mas não, o enredo não vai focar na deficiência do personagem.
Carpe diem mon amour!” p.206.
Uma maneira muito boa que a autora achou de conduzir a história ao colocar um personagem deficiente, foi não reduzir sua existência a somente ao fato de Louis não ter uma perna. Ele é descrito pelas suas qualidades e habilidades, o foco aqui não é a deficiência, e para falar a verdade, isso é a verdadeira inclusão, tratar a pessoa pelo que ela é, seus dons, não uma descrição de pena e dificuldades de ser uma deficiente físico, não há clichês aqui!
A responsabilidade de ser feliz e bem sucedida é sua minha filha, jamais delegue essa responsabilidade para qualquer pessoa, nem mesmo para mim, para o seu pai ou para um grande amor.” p.9
Quando a gente acha que está tudo bem, a história já se encaminha para o fim, e então as coisas desandam de uma forma inimaginável!
A minha leitura do e-book fluiu facilmente em todos os momentos, não é uma história monótona nem cansativa. Entretanto, nos momentos finais, eu não conseguia desgrudar meus olhos do Kindle, meu e-reader, parecia que eu estava lendo mais um dos livros que amo do Nicholas Sparks, a emoção é tão grande que ela fluía por seus olhos sem você perceber, (isso foi uma forma bonita para dizer que me acabei de chorar) e eu realmente não entendi porque esse livro ainda não foi publicado.
Percebo que foi necessário enfrentar a escuridão para descobrir do que são feitas as estrelas.” p.192.
E se você está pensando que é um romance cheio de clichês só porque eu citei que a história se parece com a forma de escrita do Nicholas Sparks e que me emocionou, você está muito errado. Não dá para evitar a emoção, só pelo fato de que temos empatia pelo que se passa, e pela verosimilhança com nosso mundo real, situações como as que vemos em “Do que são feitas as estrelas?”, tem acontecido muito, e o pior, tem se tornado normal em países como europeus e norte-americanos e também em nosso país.
Os momentos finais são cheios de emoções e colisões. E é a partir das colisões desses momentos, é que começamos a entender o título da obra, vou deixar um trecho aqui para vocês apreciarem:
[…] As estrelas surgem a partir de um colapso. Para uma estrela se formar é necessário que ela passe por mudanças drásticas de temperatura e somente após enfrentar uma fusão que gera esse grande colapso é que a estrela surge. […]” p.189.

       Malu e suas amigas realmente entendem de colisões e mudanças drásticas, e é por isso que sua história é tão incrível. As meninas vivenciam uma grande adversidade, e então, elas mostram sua capacidade de resiliência. Essa é a grande sacada do livro, a capacidade de ser resiliente. Malu nos mostra como é difícil superar uma grande perda e nos ensina como dar a volta por cima, acho que muita gente precisa de ter conhecimento dessa obra para se inspirar mais em Malu e fortalecer em nos a capacidade de se reerguer.
[…] A dor tem um poder inacreditável de nos transformar. Por causa dela podemos nos tornar pessoas amargas, infelizes, desesperançadas ou podemos ser transformadas em pessoas melhores, porque a dor nos ensina a ter empatia, resignação, coragem e determinação para seguir em frente apesar de todas as adversidades. Tudo depende de como a encaramos […]”. p. 187.

      Eu gostei muito de ter tido a oportunidade de poder ler esse livro, é uma autora nacional, sabemos que aqui, no Entrelinhas e Afins, nós valorizamos cada palavra escrita em nossa amada terra. E quando a obra nós conquista ainda mais, não há porque não divulgar e mostrá-las a vocês, nossos queridos leitores, mais uma autora que vocês possam confiar sem se arrepender! E para saber mais da obra, vou deixar os links do endereço de compra do e-book na Amazon, o Instagram do livro e a página no Skoob, vamos ajudar este livro maravilhoso a ser publicado?!
Ah e não deixe de nós seguir aqui no blog e em nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter. Abraços, e Até a próxima!



20 comentários:

  1. Você tem razão, ver que a autora trabalhou bem a deficiência, focando no personagem e sua personalidade ao invés de sempre lembrar que ele não tem perna, de estigmatizá-lo como coitado, foi ótimo! Só por isso já acho que vale a conferida. Espero que a autora publique em breve! ;)

    ResponderExcluir
  2. Com certeza vou querer ele,eu gosto muito de ler livros escutando música é uma maravilha fiquei encantada com sua resenha,é um livro que vale a pena ler eu quero com certeza um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Olá Nathália, tudo bem?
    Owmm que livro amorzinho.
    Eu não conhecia esse livro, mas eu amei a sua resenha. Me deixou super curiosa. O livro parece fofo e a parte do romance dar um up na história me deixou super curiosa. Obrigada pela dica e parabéns pela resenha. Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Nathália, esse livro está nos meus desejados. Eu li a premissa e achei a história bem romântica e tem um Q de autoajuda. Ao ler acredito que as pessoas que se identificam acabam por encontrar força. Pretendo adquiri-lo! Amei os trechos e a resenha!Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Oii Nathália!
    Já ouvi falar desse livro, vi poucas resenhas dele mas gostei do que vi,o enredo me conquistou bastante, seria um livro que leria com toda certeza, apesar de ele já esta na minha lista, obrigada pela dica. Os pequenos quotes que separou, me fez ficar ainda mais curiosa para ler a obra rsrs.
    Sua resenha está muito boa, gostei mesmo!
    Abraços:**
    http://FebredeLivro

    ResponderExcluir
  6. Hey, Nathália!

    Sua resenha sobre o livro está bem convincente e dá pra perceber o quanto você gostou da história. No entanto, vou deixar a dica passar. Já não consigo mais me interessar por tramas jovens/adolescentes que se passam em escolas. :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Já fui conquistada por este título lindo, e então ao ler sua resenhas pude senti suas emoções ao descrevê-lo. Dica anotada em minha interminável lista de desejos.
    Beijos
    Cássia Pires

    ResponderExcluir
  8. Olá Nathália, tudo bem?
    Não conhecia a autora e nem o livro, mas gostei da premissa. Não tenho lido muitas obras de autores nacionais e estou querendo mudar isso, então dica anotada. Amei a resenha, você me deixou muito curiosa, já quero! Rs.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Bem confesso que não sou uma amante de livros de romance, mas achei um tanto quanto interessante este livro e por ser uma autora nacional me impressionou mais ainda, é que eu geralmente só leio livros internacionais e esse foi um dos 03 livros nacionais que me chamou muito a atenção
    Bjss...

    ResponderExcluir
  10. Que bacana a história desse livro. Não conhecia e não sabia que era nacional, foi uma grata surpresa. Gostei bastante da abordagem da autora sobre a personagem com deficiência, não é um recurso comum. Boa resenha.

    ResponderExcluir
  11. A capa do livro me conquistou logo que vi, é uma história linda de sonhos, amizades, gostei bastante dos personagens. É uma leitura encantadora, achei super legal a ideia da playlist, é sempre uma honra ler uma obra de autores nacionais, bjs.

    ResponderExcluir
  12. Ola!
    Sua resenha ficou muito boa, agora eu preciso ler urgente esse livro kkk, e olha que não é o tipo de livro que costumo ler.

    ResponderExcluir
  13. Que delícia deve ser ler ouvindo uma playlist especialmente escolhida pra esse momento 😍😍 Posso desejar que seja lançado logo?

    ResponderExcluir
  14. Que interessante eu adorei essa ideia da playlist achei sensacional rsrsr eu não conhecia o livro não mas vou procurar para poder ler

    ResponderExcluir
  15. Oie tudo bem? Apesar da sua resenha ter ficado muito boa, eu não me interessei pelo livro. Espero que outras pessoas se interessem, vou aguardar pela próxima dica.

    ResponderExcluir
  16. Oi Nath, tudo bem?

    Não conhecia o livro e nem a autora, mas só tenho uma coisa a declarar: QUERO ESSE LIVRO. O enredo da história me parece ser muito promissor, ainda mais abordando os sonhos, que para mim são o combustível da nossa existência. Parece-me que o livro também tem um foco bem interessante nas amizades e na ajuda múltipla, então já é mais outro ponto positivo. Saber que a história te deixou chorosa também é outro ponto positivo. Com toda certeza, iria adorar a obra! Dica anotada!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem? Parabéns pela resenha, ficou ótima. O livro parece ser bem interessante e a capa é linda.

    ResponderExcluir
  18. Muito boa a resenha. Deve ser estimulante ler livros deste tipo que compartilham sonhos, a frase “[…] Coisas boas acontecem para quem tem coragem […].” p.79. resume bem isso. Parabéns. Abraços.

    ResponderExcluir
  19. A capa do livro já me conquistou!!!!
    E achei a ideia da playlist ótima, amo livro que tem música ♥
    E acredito que a história das três personagem seja muito boa, adoro quando autores trabalham com mais protagonistas

    ResponderExcluir
  20. Olá! Ainda não conhecia esse livro. Parece ser interessante. Vou anotar a indicação. Tendo oportunidade, estarei lendo também. Muito boa sua resenha, bjoo

    ResponderExcluir