Menu Fixo

Menu-cat

05 junho, 2017

Colunista por 1 dia: Mudanças, por Lucas Cordeiro

    
          Lembra que a gente falou que Junho seria mês de renovação e seria recheado de estreias? Então, agora temos o “Colunista por 1 dia”, na qual um amigo convidado irá ter um texto, uma crítica, uma resenha, ou até mesmo um desabafo literário postado, em nosso blog.


               O estreante da vez é o nosso amigo Lucas Cordeiro, fã de Sense8 e também de Selena Gomez, o estudante de administração nos presenteou com uma obra textual, que reflete acerca da vida, principalmente, sobre as mudanças. 

        

Mudanças,

        Muitas pessoas já ouviram falar da palavra MUDANÇA, muitos aprenderam na prática e outros estão neste exato momento sofrendo com a mesma. Mas, o que significa exatamente mudar? Significa de fato deixar de ser quem você é? Ou, mudar significa melhorar? Bom, são muitos os questionamentos que temos acerca da mudança, porém, elas ocorrem queira você, ou não. A borboleta, ser lindo, mágico e “frágil” para alguns, mas que mudou de uma forma tão significativa...



               Olhando esses dias para uma borboleta, que por sinal escolheu a sala pra passar alguns dias, fiquei pensando na mudança e quem sabe na transformação desse ser, que se tornou em algo tão incrível. E, me perguntei: o que realmente leva à mudança? A borboleta como todos sabem é uma lagarta e depois se transforma. Não, não vamos falar dos aspectos biológicos, que levaram a mudança da borboleta, entretanto aspectos que nos levarão a uma mudança incrível e assustadora.

               Bom, todo ser humano em alguma fase de sua vida vai se questionar acerca das mudanças e vai ser obrigado a mudar - porque é necessário, porque a mudança ocorre de dentro pra fora, e muita vezes você só se dá conta disso quando vai deixando algumas coisas de lado, mas que coisas? Não sei se você vai entender o que está mudando, até deixar de lado certas prioridades, certos hábitos, manias, costumes, medos, amizades, inimizades e quem sabe, até amores. Você lembra da sua última mudança?

               Talvez se lembre, e talvez ela ocorreu ontem mesmo, quando você deixou de lado a pessoa que só te fazia mal. E não, isso não foi uma decisão em vão, foi uma mudança que já estava ocorrendo antes mesmo de você tomar a DECISÃO. A mudança ela é constante e, às vezes, também pode ser física: um novo corte de cabelo, um piercing, uma tattoo, adotar um estilo de roupa, de música.


               Eu não sei, eu apenas sei que as mudanças elas são necessárias. E mudar não é sinônimo de fraqueza, é sinônimo de necessidade, de melhoria, de mudança positiva, uma das mais coisas incríveis que vai acontecer. Mesmo que te assuste, não tenha medo nunca de mudar. Ah, mas as mudanças elas também costumam assustar, ah se costumam...

               Ela chega de mansinho, vai fazendo uma reforma aqui, ali, lá, e quando pensa que não “PUM”, aconteceu, e você, às vezes, nem percebeu, mas foi necessário, acredite! Tem uma frase que li uma vez, do Chico Buarque, que eu nunca mais consegui esquecer, que diz o seguinte: “As pessoas têm medo das mudanças. Eu tenho medo que as coisas nunca mudem”.

               Existem pessoas que precisam entender e aceitar de bom grado as mudanças, porque é necessário, apenas. E acreditar que estamos um constante processo de mudança e melhoria, ok?
A mudança ela vai estar intrínseca com você. Não tenha medo!  Apenas aceite que é necessário e que faz parte do nosso processo de constante melhoria. Acredite que é incrível, e que vem pra te renovar e mudar todo o conceito que você já tenha estabelecido sobre você. 



           E essa mudança, pode te vestir com novos amores, com novas amizades, com novas ideias, pode também te fazer enxergar o mundo com outros olhos, quem sabe com olhos de amor, perdão, compaixão e empatia. Acredite sempre na mudança e não tenha medo NUNCA de mudar e que sua mudança ocorra para uma formação e transformação de melhoria em você e em todos a sua volta.

por Lucas Cordeiro 

Nenhum comentário:

Postar um comentário