Menu Fixo

Menu-cat

05 julho, 2017

Resenha: A Fazendinha, de “Isa Colli”

     
Editora Imeph
Ano: 2017
Autora: Isa Colli
Ilustrações: André Lins
32 páginas 

  Quem nunca ficou encantado ao ver a ordenha de uma vaca? Ou senão ficou eufórico ao montar num cavalo? Melhor ainda, ficou alegre ao aproximar de animais, que até então só tinham visto na internet ou na Tv? Em “A fazendinha”, a querida Isa Colli nos permeia numa história caseira, na qual Valentina redescobre o mundo a sua volta.


            Quando se fala em livro infantil sempre pensamos em algo didático, é claro que Isa Colli trás o didatismo em sua obra, porém a autora possui uma carpintaria textual tão flexível que ao ler a narrativa de “A fazendinha” aprendemos de um modo tão prazeroso e prático.

            A história “de um dia na roça”, de Valentina, seus pais e seu amigos é encantadora e nos permeia por dentro do mundo sem por cento natural, longe de agrotóxicos, de prédios e do barulho da cidade. A personagem principal acaba conhecendo um mundo que até então não conhecia.



            Muitos podem achar que essa situação é irreal, mas a verdade que é muitas crianças não possuem contato com a terra, roça ou animais, essa realidade não é distante, e é atemporal, ainda mais nos tempos atuais de tanta tecnologia e rapidez. Um dos momentos da narrativa as crianças estranham a carambola, e logo após já degustam a fruta com intensidade.

            Ah, não poderia deixar de mencionar as ilustrações do André Lins, que são encantadoras. De forma simples, mas vívida André traceja os personagens de uma forma que só acentua a história de Cooli, principalmente o colorido – trunfo necessárias nas obras infantis.



            No mais, a obra é uma delícia porque apresenta um mundo do interior de uma maneira prazerosa, mostrando os nuances e vantagens de ser viver no interior. Isa Colli é felizarda na missão de contar boas histórias, “A fazendinha” é um livro que nos toca pela beleza do simples tanto no contexto, quanto na temática.




Nenhum comentário:

Postar um comentário